domingo, 6 de junho de 2010

Terceira madrinha convidada

Neste feriado convidamos oficialmente mais uma madrinha para o nosso casamento. Dessa vez foi a Priscila. Entregamos o convite especial preparado por mim no dia que ela foi visitar o nosso apartamento e ainda ajudar na faxina (como já disse aqui). Ela já tinha sido informada que teria a grande missão de apadrinhar o casal, mas, assim como os outros, ela também ficou surpresa e adorou o mimo que entregamos.

Entrega do convite

A Pri é minha grande amiga de alguns anos. Eu a conheci em 2004, quando ela veio de Três Rios para morar, junto com a irmã dela, no mesmo prédio que eu morava. Não demoramos muito para virarmos amigas. Imagina só: estávamos solteiras, animadas e morávamos a 12 andares apenas de diferença. Então, foi fácil. A nossa primeira saída juntas foi para uma boate chamada São Thomé, que nem existe mais. A partir daí, era só alegria. Todo fim de semana tínhamos uma programação diferente.

São Thomé

A Pri sempre foi a mais responsável de todas nós. E quantos momentos e aventuras passamos juntas: ensaio de escola de samba na madrugada, conversas na casa dela pela madrugada a dentro, baile funk, aniversário, boates, festas, blocos de carnaval, raves, viagens, e muitas outras coisas. São tantas histórias que bate um momento nostalgia total. Ela era uma das integrantes do grupo de amigas frenéticas que tínhamos, chamado Gatas Malvadas, hahaha. Rindo só de pensar. O único objetivo desse grupo formado por mulheres amigas era se divertir muito, até a última gota. E fizemos isso muito bem.

Bombar

Gatas Malvadas

Quando ela passou por um momento muito difícil na vida, conseguimos superar juntas e tenho muito orgulho de fazer parte disso tudo. Por um momento, bateu uma dupla infantilidade e ficamos um tempo sem se falar. Aquelas coisas da vida que você não sabe explicar porque e tem até vergonha de contar. Mas isso passou e foi muito bem resolvido. Só serviu mesmo para aumentar a nossa amizade. Depois que a Gabriela nasceu então, estreitamos ainda mais os laços de irmandade.

Salgueiro

Funk

Festinha

Amiga dedicada, cozinheira de mão cheia e mãe exemplar, essa minha amiga tem muitas qualidades. A vida nem sempre fez o caminho dela fácil, mas ela sempre consegue dar a volta por cima. Sinceridade é o forte dela, que não tem papas na língua para falar o que pensa. E que gênio forte ela tem.Tenho muito orgulho dessa minha amiga e madrinha.

Outros momentos:

Hard Rock

Eletrônico

Chá de bebê

Com a Gabi

2 comentários:

Lucas disse...

Vou fazer meu primeiro comentario no blog que naão da pra deixar de ser feito , olha a barriga de tanquinho da priscila rsrs.

Priska disse...

Dani e Lucas,
É uma satisfação poder fazer parte deste momento tão especial da vida de vcs, fiquei muito feliz! Como o tempo passou rápido, e que bom que Deus colocou pessoas especiais como vcs no meu caminho, a vida me deu mais 02 irmãos, pq amigos de verdade são com irmãos! Obrigado por existirem em nossas vidas! Amo voces FOREVER AND EVER, contem sempre comigo!