sexta-feira, 28 de maio de 2010

Minhas sandálias exclusivas


Hoje estou muito feliz. Finalmente, chegaram no meu e-mail o layout dos chinelos que serão entregues aos meus convidados no dia do casamento. E são lindos! Eu amei! E algumas pessoas que eu mostrei também acharam muito fofo. Para variar, eu não posso mostrar aqui, mas garanto que o meu modelo é exclusivo e super criativo. Mas vamos contar a história do começo para que ninguém fique boiando.

Sempre tive vontade de ter chinelos no meu casamento. Apesar de já ser um produto batido nas festas, eu acho um brinde indispensável para mulherada, principalmente se quisermos que a agitação da pista esteja garantida na festa. Até porque por mais resistente que a mulher seja em relação ao salta alto, tem uma hora que não agüenta. E para não ficar descalça, elas sentam e esvaziam a pista de dança. Por isso, eu sou do movimento a favor dos chinelos nas festas de casamento.

Outra coisa que eu também tinha em mente é que não queria um modelo daqueles tradicionais, com noivinhos ou caricaturas estampadas na borracha. Queria alguma coisa diferente. Pensei em estampas que tivessem relação com o Rio de Janeiro ou ainda as que tivessem poemas de amor, mas minha mãe teve uma ideia muito mais criativa que, além de ser inovadora, ainda é responsável. Topei na hora, mas ainda não tinha conseguido encontrar uma maneira de colocar a ideia em prática.


Depois de conversar com vários fornecedores veio o modelo ideal na minha cabeça, mas faltava alguém para executá-lo. Foi aí que encontrei a Taty Sandálias, lá do estado do Ceará, que fornece sandálias para uma infinidade de noivas por todo o Brasil.

Pois bem, depois de muita troca de e-mail, hoje ela me mandou o meu modelo concretizado no papel. Exclusivo, só meu. Ninguém tem igual. E ficou lindo de morrer. Sem entrar em mais detalhes, eu digo que a surpresa será grande no dia do casório e eu tenho certeza que todo mundo vai querer uma.

Para evitar confusão no grande dia, também descobri uma maneira ideal para fazer a entrega: distribuir na entrada da festa um vale-chinelo para a mulherada. Assim, você garante que todo mundo vai pegar apenas uma vez e não precisa aquela confusão. Enfim, é isso. Fiquei muito feliz com a novidade. E ainda tem mais. Depois eu conto as outras.

3 comentários:

Jackeline Mota disse...

Oba, vou dançar muito e ainda voltar confortavel pra casa no meu chinelinho. Amiga, to mt ansiosa pelo seu casamento rsrs
Hj eu tava pensando em noivas e fiquei imaginando a noiva linda que vc vai ficar! Te adoro!
beijos,

Danielle disse...

Eu já vi e achei muito lindo!!!! Madrinha tem certas regalias, né amiga? Mas, apesar de eu ter fama de fofoqueira, não vou contar para ninguém como ficou o resultado final das sandálias.

Estou ansiosa para o grande dia!

Beijo

Dani Campos

Gui Liaga disse...

aeeeeeeee vou poder me livrar do meu sapato logo UHAHUA